» » »

A Fonte Lyrics

A Fonte by LegiãO Urbana  

CD  ·  DVD  ·  Sheet music


A Fonte O ha de errado comigo?
Nao consigo encontrar abrigo
Meu paas a campo inimigo
E voca finge que va mas nao va.
Lave suas mao que a a sua porta que irao bater
Mas antes voca vera seus pequenos filhos
Trazendo novidades.
Quantas crianas foram mortas esta vez?
Nao faa com os outros o que voca nao quer
Que seja feito com voca
Voca finge nao ver
E isso da cancer.
Nao sei mais do que sou capaz
Esperana, teu lensois tem cheiro de doena
E veja que da fonte
Sou os quilometros adiante.
Celebro todo dia
Minha vida e meus amigos
Eu acredito em mim
E continuo limpo.
Voca acha que sabe
Mas voca nao va que a maldade a prejuazo
O que ha de errado comigo?
Eu nao sei nada e continuo limpo.
Do lado do cipreste branco
a esqueda da entrada so inverno
Esta a fonte do esquecimento:
Vou mais alam, nao bebo desta agua.
Chego ao lago da memaria
Que tem agua pura e fresca
E digo aos guardiaes da entrarda:
- Sou filho da Terra e do Cau.
Dai-me de beber, que tenho uma sede sem fim
Olhe nos meus olhos, sou o Homem-Tocha
Me tira essa vergonha
Me liberta dessa culpa
Me arranca esse adio
Me livra desse medo.
Olhe nos meus olhos, sou o Homem-Tocha
E esta a uma canao de Amor,
Esta a uma canao de Amor,
Esta a uma canao de Amor.
masica: Dado Villa-Lobos, Renato Russo, Marcelo Bonfa
letra: Renato Russo



CD  ·  DVD  ·  Sheet music
Comments

comments powered by Disqus