SOUNDTRACKS: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

ARTISTS: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #







All lyrics are the property and copyright of their owners. All lyrics provided for educational purposes only.

Veneno Da Lata Lyrics by Fernanda Abreu 



Veneno Da Lata by Fernanda Abreu


Rio de Janeiro
Cidade Maravilhosa
a lata
No fundo da madrugada
No silncio da calada
De repente foi chutada
Na batida
Comeou a batucada
Bate bate bate na lata
lata da bateria
Mil, novecentos e noventa e cinco
Sete e meia da manh
T na hora de descer pra trabalhar
T na hora de descer pra ter
O que ganhar
Mil novecentos e noventa e cinco
Dez e vinte eu vou pra l
(T marcado pra chegar)
Ouviu dizer, ouviu dizer
No sabe bem, deixa pra l
Dez e vinte eu vou chegar
Pra ver o que h
Suingue-balano-funk
o novo som na praa
Batuque-samba-funk
veneno na lata (vamo bat lata)
Meio-dia e quinze, eu nem acordei
J vou ter que almoar
(T marcado pra chegar)
No escuto o que eles dizem
No escuto o que eles falam
No falo igual no digo amm
tem que falar com o J
Tem que falar com o Z
Batumar
Seis e meia t parado
Pr-do-sol abotoado
Na lagoa, no aterro
T parado
Voluntrios, So Clemente
T parado
No Rebouas, Tnel Velho
T parado pra ver
Swing-balano-funk
o novo som na praa
Batuque-samba-funk
veneno na lata (vamo bat lata)
Depois mais tarde, j de noite
Tudo em cima, j no clima
Vou correndo te encontrar
(T marcado pra chegar)
Vou te buscar, vou te pegar
Vou te apanhar pra te mostrar
Pra ver o que h
Pra ver o que h
s subir sem se cansar
Depois descer pra trabalhar
Sete e meia, meio dia
Seis e meia, dez e vinte
Dez e vinte eu vou chegar pra te pegar
Pra ver o que h
Pra ver o que h
Suingue-balano-funk
o novo som na praa
Batuque-samba-funk
veneno da lata (vamo bat lata