SOUNDTRACKS: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

ARTISTS: A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #


Music blog

Lyrics/song texts are property and copyright of their owners and provided for educational purposes only.

Ilex Paraguariensis Lyrics by Armandinho

 

Ilex Paraguariensis by Armandinho


Hoje eu acordei mais cedo, tomei sozinho o chimarrão
Procurei a noite na memória, procurei em vão
Hoje eu acordei mais leve, nem li o jornal
Tudo deve estar suspenso, nada deve pesar

Ainda era noite, esperei o dia amanhecer
Como quem aquece a agua, sem deixar ferver
Hoje eu acordei agora eu sei, viver no escuro
Até que a chama se acenda, verde quente erva vento dentro entranhas
Mate amargo noite adentro, estrada estranha
O melhor esconderijo a maior escuridao
Já nao servem de abrigo, já nao dá proteção
Olofotes ilumiam a libido e o birus
o poder, o pudor, os labios e o batom

Que a chuva caia como uma luva, um dilúvio, um delírio
Que a chuva traga, alívio imediato
Que a noite caia derepente caia, tão demente quanto um raio
Que a noite traga, alívio imediato

Uhhhh uhhh

Ilex Paraguariensis
Ilex Paraguariensis
Ilex Paraguariensis
Relax agora paciência.