Os Ndios Da Meia Praia Lyrics

Afonso Zeca Lyrics Os Ndios Da Meia Praia

  Browse by artist name Search Browse by soundtrack
 A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z #

Os Ndios Da Meia Praia


by Afonso Zeca. Buy album CD: Other Songs A - V


*
Aldeia da Meia-Praia
Ali mesmo ao pé de Lagos
Vou fazer-te uma cantiga
Da melhor que sei e faço
De Monte-Gordo vieram
Alguns por seu próprio pé
Um chegou de bicicleta
Outro foi de marcha a ré
Houve até quem estendesse
A mão a mãe caridade
Para comprar um bilhete
De paragem para a cidade
Oh mar que tanto forcejas
Pescador de peixe ingrato
Trabalhaste noite e dia
Para ganhares um pataco
Quando os teus olhos tropeçam
No voo duma gaivota
Em vez de peixe vê peças
De ouro caindo na lota
Quem aqui vier morar
Não traga mesa nem cama
Com sete palmos de terra
Se constrói uma cabana
Uma cabana de colmo
E viva a comunidade
Quando a gente está unida
Tudo se faz de vontade
Tudo se faz de vontade
Mas não chega a nossa voz
Só do mar tem o proveito
Quem se aproveita de nós
Tu trabalhas todo o ano
Na lota deixam-te mudo
Chupam-te até ao tutano
Chupam-te o couro cab'ludo
Quem dera que a gente tenha
De Agostinho a valentia
Para alimentar a sanha
De esganar a burguesia
Diz o amigo no aperto
Pouco ganho, muita léria
Hei-de fazer uma casa
Feita de pau e de pedra
Adeus disse a Monte-Gordo
(Nada o prende ao mal passado)
Mas nada o prende ao presente
Se só ele é o enganado
Foram "ficando ficando"
Quando um dia um cidadão
Não sei nem como nem quando
Veio à baila a habitação
Mas quem tem calos no rabo
- E isto não é segredo -
É sempre desconfiado
Põe-se atrás do arvoredo
Oito mil horas contadas
Laboraram a preceito
Até que veio o primeiro
Documento autenticado
Veio um cheque pelo correio
E alguns pedreiros amigos
Disse o pescador consigo
Só quem trabalha é honrado
Quem aqui vier morar
Não traga mesa nem cama
Com sete palmos de terra
Se constrói uma cabana
Eram mulheres e crianças
Cada um c'o seu tijolo
"Isto aqui era uma orquestra"
Quem diz o contrário é tolo
E toda a gente interessada
Colabarou a preceito
- Vamos trabalhar a eito
Dizia a rapaziada
Não basta pregar um prego
Para ter um bairro novo
Só "unidos venceremos"
Reza um ditado do Povo
E se a má lingua não cessa
Eu daqui vivo não saia
Pois nada apaga a nobreza
Dos índios da Meia-Praia
Quem vê na praia o turista
Para jogar na roleta
Vestir a casaca preta
Do malfrão ** capitalista
Foi sempre a tua figura
Tubarão de mil aparas
Deixar tudo à dependura
Quando na presa reparas
Das eleições acabadas
Do resultado previsto
Saiu o que tendes visto
Muitas obras embargadas
Mas não por vontade própria
Porque a luta continua
Pois é dele a sua história
E o povo saiu à rua
Mandadores de alta finança
Fazem tudo andar pra trás
Dizem que o mundo só anda
Tendo à frente um capataz
E toca de papelada
No vaivém dos ministérios
Mas hão-de fugir aos berros
Inda a banda vai na estrada
Eram mulheres e crianças
Cada um c'o seu tijolo
"Isto aqui era uma orquestra"
Quem diz o contrário é tolo
* Texto e musica para o filme: Índios da Meia Praia, realizado por Cunha Teles.
A versão do disco não inclui todas as quadras.
** Palavra algarvia que significa dinheiro.



sheet music Buy Afonso Zeca sheet music
cd Buy Afonso Zeca CDs
guitar tabs Afonso Zeca guitar tabs
Album: Other Songs A - V Lyrics
cd Buy "Other Songs A - V" CD
  1. A Acupunctura Em Odmira
  2. A Formiga No Carreiro
  3. A Morte Saiu Rua
  4. A Mulher Da Erva
  5. A Presença Das Formigas
  6. Adeus Serra Da Lapa
  7. Ailé Ailé
  8. Ali Está O Rio
  9. Alípio De Freitas
  10. Altos Castelos
  11. Arcebispada
  12. Avenida De Angola
  13. Balada Do Outono
  14. Balada Do Sino
  15. Canção Da Paciência
  16. Canção De Embalar
  17. Canção Do Desterro
  18. Canta O Colie
  19. Canta O Comerciante
  20. Canta O Juiz
  21. Cantar Alentejano
  22. Cantiga Do Monte
  23. Cantigas De Maio
  24. Canto Moço
  25. Carta a Miguel Djéjé
  26. Chamaram Me Cigano
  27. Chula Do Póvoa
  28. Com As Minhas Tamanquinhas
  29. Como Se Faz Um Canalha
  30. Coro Da Primavera
  31. De Não Saber O Que Se Espera
  32. Enquanto Há Força
  33. Era Um Redondo Vocábulo
  34. Eu Vou Ser Como a Toupeira
  35. Fui Beira Do Mar
  36. Fura Fura
  37. Gastão Era Perfeito
  38. Grândola Vila Morena
  39. Já O Tempo Se Habitua
  40. Lá No Xepangara
  41. Lá Vêm Os Nossos Soldados
  42. Lá Vêm Subindo O Abismo
  43. Maio Maduro Maio
  44. Minha Mãe
  45. Náo Meu Bem
  46. Não Seremos Pais Incógnitos
  47. Natal Dos Simples
  48. Nefretite Não Tinha Papeira
  49. O Avô Cavernoso
  50. O Canarinho
  51. O Cavaleiro E O Anjo
  52. O Homem Da Gaita
  53. O Homem Novo Veio Da Mata
  54. O Homem Voltou
  55. O Pastor De Bensafrim
  56. O Que Faz Falta
  57. Os Enucos
  58. Os Fantoches De Kissinger
  59. Os Ndios Da Meia Praia
  60. Papuça
  61. Paz Poeta E Pombas
  62. Por Trás Daquela Janela
  63. Que Amor Não Me Engana
  64. Rio Largo De Profundis
  65. Ronda Dos Paisanos
  66. Senhor Arcanjo
  67. Tecto Do Mendigo
  68. Tenho Um Primo Convexo
  69. Teresa Torga
  70. Ti Alves
  71. Traz Outro Amigo Também
  72. Utopia
  73. Vejam Bem
  74. Venham Mais Cinco
  75. Viva O Poder Popular

Comments







Song words / lyrics from Other Songs A - V album CD are property & copyright of their owners and provided for educational purposes.
DMCA Policy | Add/correct lyrics  |  Request lyrics  |  Links  |  Privacy | Contact us    © STLyrics.com 2002 -